Por Higor Trindade

 

A NOVIDADE

No próximo dia 23, o candidato a deputado federal Márcio Dória (PCdoB), participará do ato de campanha com sindicatos que já declararam apoio ao seu projeto nestas eleições. O evento acontecerá às 08h, na sede do Sindicato dos Bancários, na Avenida Gonçalo Prado, no Centro de Aracaju.

É a primeira vez que o advogado Márcio Dória é candidato a cargo eletivo, e que disputa uma das vagas a deputado federal. Com novas ideias, e com uma proposta de fazer a diferença por Sergipe, é que Márcio vem conquistando apoio em todos munícipios do Estado.

PUXÃO DE ORELHA

O ex-prefeito Fábio Henrique (PDT) foi pego de surpresa quando dias atrás, esteve presente em evento em Socorro, onde algumas lideranças do seu grupo, declararam apoio ao candidato a senador André Moura (PSC). Tudo tranquilo, ninguém nem aí… Não durou nem 1 dia, o senador Valadares (PSB), questinou em seu diário pessoal (Twitter), as intenções de Fábio e do PDT, dizendo que era inaceitável está em evento de apoio de outro candidato a senador fora da coligação, que Fábio se encontra. Foi um imbróglio danado!

E criou-se na base de apoio a Valadares Filho (PSB), um tremendo problema, porque ninguém confia em FH, acha que o mesmo pode dar para trás no apoio ao senado dos nomes de Valadares e do advogado Henri Clay. Foi um Deus nos acuda (risos).

NOS CEÚS DO SERIGY

E o ex-prefeito Sukita tem feito campanha nos ares, isso mesmo, conseguiu através de seu partido, a locação de uma aeronave que está servindo para o mesmo, sua filha, e o seu candidato a deputado estadual João Marcelo, de Dores, chegar mais rápido nos municípios sergipanos.

Em seu Instagram pessoal, Sukita, disse que deve fazer por dia entre 4 e 6 cidades, passando o limite atual que seria se o mesmo tivesse de carro, estratégia inteligente que deixou muitos candidatos a Federal preocupados com o desempenho do filho de Capela.

Sukita mais uma vez inovando no jeito de fazer política. É mole?!

INCERTEZAS

Essa eleição é incerta para todos, ninguém sabe ao certo quem será o próximo governador, os próximos 2 senadores, os deputados federais e estaduais eleitos. Tem candidato correndo trecho prometendo o impossível, algo que já o torna descredenciado ao cargo que disputa. É bom lembrar que a população sergipana está mais antenada, as redes sociais vem proporcionando uma visão macro de campanhas políticas, de quem é quem, e de quem apoia fulano ou beltrano.

Eu analiso esse processo eleitoral de 2018, como o mais incerto da história política de Sergipe. Tem 9 candidatos a governador, e 5 deles despontam com a possibilidade de virar o jogo a qualquer momento, forçando até segundo turno, que é bem provável de acontecer. Não se conta vitória antes do tempo, mesmo tendo o governador como candidato a reeleição e com a máquina na mão, dependendo da vontade popular pode não conseguir a vitória tão sonhada.

Os bolões de apostas tem impressionado com a renovação que pode acontecer na Alese – Assembleia Legislativa e na Bancada Federal de Sergipe. Para quem acha que essa eleição é fácil, está bem enganado.

Comentários

Carregar mais Artigos relacionados
Carregar mais por Higor Trindade
Carregar mais em Blog do Trindade
Os comentários estão fechados.