Gol suspende voos com modelo de avião que caiu na Etiópia

Modelo 737 Max ficará no chão

Reprodução / GOL

A companhia aérea Gol anunciou nesta 2ª feira (11.mar.2019) que decidiu suspender, provisoriamente, voos com os aviões Boeing modelo 737 Max 8, o mesmo que caiu na Etiópia e deixou 157 mortos e que caiu na Indonésia em 29 de outubro de 2018, resultando em 189 mortes.

A suspensão, informada previamente à Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), começou a valer às 20h.

Mais cedo, o Procon-SP informou que iria notificar a Gol para que suspendesse imediatamente o uso dos aviões para “prevenir que ocorram futuros acidentes colocando em risco a vida dos usuários do transporte aéreo”.

A empresa mantém 7 aeronaves do modelo que operam em rotas para voos mais longos, como para os Estados Unidos, América do Sul e Caribe. Desde junho de 2018, segundo a empresa, foram realizados 2.933 voos com o Boeing 737 Max 8, “totalizando mais de 12.700 horas, com total segurança e eficiência“.

Estas são as rotas que mudarão de avião e terão escala:

  • Brasília – Miami Miami – Brasília;
  • Brasília – Orlando Orlando – Brasília;
  • Fortaleza – Miami Miami – Fortaleza;
  • Fortaleza – Orlando Orlando – Fortaleza;