Sergipano é indicado para lista tríplice de Corte Internacional

Arquivo Pessoal / João Augusto Nascimento

O sergipano João Augusto Botto de Barros Nascimento, secretário Nacional do Fórum Brasileiro dos Direitos Humanos, Bacharel em Direito com pós-graduação em Direito Administrativo e Ciência Política, está entre os 3 (três) brasileiros que podem ser nomeados como ministro da Corte Interamericana de Direitos Humanos.

Em contato com a redação do Portal 79, João falou com exclusividade sobre a notícia da sua indicação “As instituições ligadas ao fórum se organizaram e indicaram uma lista de seis nomes, entre eles o meu, e agora estamos na lista tríplice, onde o nosso nome permanece na disputa. A indicação da minha pessoa se deve ao trabalho do confronto que lidero contra a ditadura do presidente venezuelano Nicolás Maduro, um governo que vem retirando direitos sociais e individuais da população, vem assassinando pessoas, e destruindo a esperança de muitos jovens e a segurança da população em geral. Sendo assim, fico feliz que meu nome esteja na lista tríplice e permanecerei no embate das defesas dos direitos sociais e dos direitos individuais, e pronto para a missão que assim Deus me oportunizar”, ressaltou João Nascimento.

O que é a CIDH ?

A Corte Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) é um órgão judicial autônomo com sede em San José, Costa Rica, cujo propósito é aplicar e interpretar a Convenção Americana de Direitos Humanos e outros tratados de Direitos Humanos. A CIDH funciona junto à OEA (Organização dos Estados Americanos).