Stanley Donen, diretor de Cantando na Chuva, morre aos 94 anos

Cineasta recebeu Oscar honorário em 1998


Stanley Donen, diretor conhecido por filmes como Cantando na Chuva(1952) e Cinderela em Paris (1957), morreu aos 94 anos (via The Guardian). Não há informações sobre a causa da morte.

Donen começou a carreira de diretor em 1949, com Um Dia em Nova York. Desde então emplacou vários longas em Hollywood, como O Melhor é Casar (1952); Dançando na Chuva (1952) em que dividiu a direção com o protagonista Gene KellyUm Pijama Para Dois (1957); O Beijo da Despedida (1957); Charada (1963), com Audrey Hepburn, entre outros.

Além de diretor, Stanley Donen era coreógrafo e recebeu um Oscar honorário em 1998 pelo conjunto da carreira. Seu trabalho mais recente é o filme para a TV Cartas de Amor, lançado em 1999.