Depois das declarações na imprensa do ex-presidente do Patriota João Nascimento, sobre ingratidão, bônus e ônus, afirmando que a vereadora Emília Corrêa de seu partido teria solicitado a sua destituição do diretório estadual da legenda, a reportagem do Portal 79 entrou em contato com a parlamentar, para pedir esclarecimentos a respeito da fala do ex-presidente.

“Ingratidão porquê? Porque houve posicionamento diferente, divergência? Eu inclusive agradeço, porque ele trouxe esperança que logo foi frustrada, que poderíamos ter uma vaga de senado em uma legenda pequena e apresentar uma nova opção para os sergipanos. Eu gosto de desafios e de enfrentamentos, mas, não foi isso, eu recebi dessa forma, mas, na cabeça dele eu acho que estava com outra intenção. Nós, caminhamos com o senado, estávamos evoluindo e quando iniciou as conversas com outros grupos para coligação, ele chegou para mim e disse que não havia mais como caminhar com o projeto Senado, porque as vagas nas coligações estavam preenchidas e eu discordei, falei que estavam com nomes nos grupos de Eduardo Amorim, e Valadares Filho, mas, ressaltei que em partidos pequenos poderíamos nos unir e teríamos vaga para o senado, se fosse o foco realmente”, disse a vereadora Emília Corrêa

Sobre a destituição do diretório estadual do Patriota. A vereadora negou que pediu a intervenção no diretório de Sergipe “Não procede. Eu não vou indicar direção nenhuma do partido. Foi a nacional que retirou ele do comando, e será a nacional que indicará os novos membros. Pelo que a nacional nos passou, vai fazer voltar à direção anterior, que foram alterados, retornarão ao comando do partido, foi o que eu soube. Eu não tenho e nunca tive a menor intenção de assumir o partido, o próprio ex-presidente pode confirmar isso”.

VAGA DE VICE

Questionada sobre o convite que recebeu para ser vice nas chapas de Amorim e Valadares Filho, a vereadora confirmou que recebeu tais convites dos grupos do PSDB e PSB “No sábado fomos à casa dos Valadares e lá foi feito o convite e a gente vai entendendo as coisas, eu pedir um tempo para refletir. E logo depois veio o convite do senador Eduardo Amorim, exatamente para ser vice, tanto do PSDB e também do PSB recebi convites para compor a chapa majoritária. Eu refletir e dois dias depois respondi aos dois grupos e agradeci, achei uma honra ser convidada, mas, não poderia aceitar. Até porque, eu tenho outro entendimento da política, da forma e do formato”.

ELEIÇÕES 2018

Sobre a pré-candidatura ao senado, a vereadora disse que o projeto não teria mais êxito, por conta dos prazos eleitorais e o fechamento de coligações. A mesma lembrou que existe uma proposta original do partido, que tem que atender a necessidade do Patriota, que é ter um federal para atingir a cláusula de barreira. Existe a possibilidade da mesma, disputar uma das vagas a deputada federal nestas eleições.

Comentários

Carregar mais Artigos relacionados
Carregar mais por Redação 79
Carregar mais em Política
Os comentários estão fechados.