Câmara já tem votos necessários para impeachment de Trump, indica levantamento

Ao menos 224 dos 435 integrantes da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos dizem apoiar o avanço do impeachment do presidente Donald Trump, acusado de ter condicionado repasse à Ucrânia a uma investigação contra Joe Biden. É o que aponta levantamento da revista norte-americana TIME.

Todos os deputados que compõem o número são democratas (partido de oposição a Trump), exceto o deputado independente Justin Amash, de Michigan, ex-republicano.

Segundo a contagem da revista, 12 democratas não disseram explicitamente se apoiam a investigação e 1 deles disse que se opõe. Nenhum membro do comitê republicano disse que apoia a investigação de impeachment.

Para aprovar o impeachment na Câmara e fazer o processo avançar ao Senado, são necessários ao menos 218 votos.

Segundo o jornal The New York Times, o número de democratas que apoiam o inquérito na Câmara cresceu em mais de 80 membros desde 2ª feira (24.set.2019).

ENTENDA O CASO

Por que Trump será investigado e pode ser alvo de impeachment? Eis o resumo:

  • perseguição a Joe Biden – o presidente dos EUA teria incentivado o governo da Ucrânia a investigar seu adversário político Joe Biden (democrata);
  • informante anônimo – em agosto 1 agente ainda não identificado do setor de inteligência dos EUA disse haver indícios de que Trump pressionava o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, para fazer a investigação contra Biden;
  • o filho de Joe Biden – na realidade o caso se referia a uma empresa de energia ucraniana, o Grupo Burisma, na qual trabalhou Hunter Biden (filho de Joe Biden) como membro do conselho da companhia. Havia suspeita de alguma irregularidade cometida por Hunter e esse tipo de informação seria útil para Trump usar contra Joe Biden em 2020, quando o democrata deve ser candidato à Casa Branca;
  • pressão por verbas – enquanto Trump teve contato com Zelensky, o governo dos EUA estava segurando milhões de dólares em ajuda militar para a Ucrânia, uma verba que já havia sido aprovada pelo Congresso;
  • crime possível – o possível desvio de Trump foi pressionar 1 governo estrangeiro a investigar a família de 1 adversário político e ao mesmo tempo ter barganhado com verbas federais para incentivar essa ação.