‘Eu preciso avisar, caso aconteça algo, investigue todos’, Emília Corrêa

Em entrevista exclusiva ao Jornalista Higor Trindade, a vereadora de Aracaju, Emília Corrêa (Patriota), falou sobre a polêmica envolvendo avisos, que teria chegado até a mesma de forma pessoal, alertando a parlamentar sobre os posicionamentos dela na Câmara Municipal de Aracaju.

“Quando da minha fala sobre a casa caiu, eu não me referir ao deputado federal eleito Valdevan Noventa, até porque não sou vidente, mas a justiça entendeu que o político teria que ser preso, isso não caberia nunca a mim ou a qualquer cidadão, mas sim a justiça eleitoral”, disse a vereadora Emília Corrêa

Deixou claro que não teria interesse em assumir a vaga de deputada federal, até porque ela não assumiria caso Valdevan de fato não exerça o mandato ao qual foi eleito.

“Um colega parlamentar me deu um recado, mas não foi ameaça, e sim uma preocupação, não posso divulgar o nome, porque não tenho autorização, ele disse que era bom eu pegar leve, e imediatamente juntei com o aviso anterior e agora o que me chamou a atenção é que eu tinha dito no primeiro turno, que a casa iria cair, e realmente a casa está ruindo, e foi quando veio a prisão do Valdevan. Estamos sim incomodando muitas pessoas importantes, empresários, até mesmo o próprio prefeito Edvaldo pelas minhas posturas contudentes”, afirmou a vereadora Emília Corrêa

Escute na íntegra o aúdio enviado pela própria vereadora Emília Corrêa: