Aeroporto de Brasília só tem combustível até fim desta tarde

O Aeroporto Internacional de Brasília – Presidente Juscelino Kubitschek só tem Querosene de Aviação (QAV) suficiente até o fim da tarde desta 4ª feira (23.mai.2018). A informação foi divulgada pela Inframérica, concessionária administradora do aeroporto.

A falta de combustível é reflexo dos protestos de caminhoneiros contra a alta no preço do diesel e da gasolina. É o 3º dia de manifestações. Os caminhões bloqueiam rodovias em vários Estados e impedem que o produto seja distribuído.

Segundo comunicado da Inframérica, desde o início dos protestos, na 2ª feira (21.mai), o combustível para aviação estocado no aeroporto é contingenciado.

A frota de caminhões que traz o Querosene de Aviação (QAV) para o Terminal está retida no Entorno do DF, informa a concessionária. Na noite desta 3ª feira, apenas 4 caminhões conseguiram chegar ao Aeroporto.

A companhias aéreas foram orientadas a abastecer o mínimo possível no Aeroporto de Brasília. Segundo a Inframérica, não há atrasos ou cancelamento de voos decorrentes da restrição de combustível.

Ainda de acordo com o comunicado, todos os protocolos operacionais e de segurança são seguidos para evitar adversidades.

“A concessionária respeita o direito de manifestação democrática e pacífica. Contudo, o exercício de tal direito deve preservar a infraestrutura aeroportuária e não se sobrepor aos valores fundamentais, como o direito de ir e vir dos passageiros, bem como o inegociável direito à segurança das operações aeroportuárias”, diz nota emitida pela Inframérica.