FRAUDE: 23 candidatos do concurso da PM são investigados

Hoje pela manhã, 9, o secretário de Administração, Planejamento e Gestão, Rosman Pereira, declarou que 23 candidatos que fizeram a prova objetiva do concurso da Polícia Militar para soldado tiveram seus nomes enviados para a Polícia Civil. Os nomes são investigados por suspeita de fraude no concurso.

De acordo com o secretário, os 23 foram eliminados de participar das próximas etapas do concurso e o juiz da Vara Cível de São Cristóvão, Manoel Costa Neto, determinou a suspensão do concurso. A Procuradoria Geral do Estado recorrerá da decisão, afirmou o secretário Rosman Pereira.