Gleisi diz que vai registrar candidatura de Lula

6 Conferencia Nacional do PT que elegeu a senadora Gleisi Hoffmann como a nova presidente do Partido dos Trabalhadores (PT). Gleisi teve o apoio do Lula durante a conferência. Foto: Sérgio Lima/PODER 360

Ex-presidente está preso e reafirmou ser o candidato do PT

6 Conferencia Nacional do PT que elegeu a senadora Gleisi Hoffmann como a nova presidente do Partido dos Trabalhadores (PT). Gleisi teve o apoio do Lula durante a conferência. Foto: Sérgio Lima/PODER 360

Em carta à presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que é candidato à Presidência da República “até que a verdade apareça”. A carta foi publicada nesta 4ª feira (9.mai.2018) na página do Facebook da petista.

“Se eu aceitar a ideia de não ser candidato, estarei assumindo que cometi um crime. Não cometi nenhum crime. Por isso sou candidato até que a verdade apareça e que a mídia, juízes e procuradores mostrem o crime que cometi ou parem de mentir”, disse Lula.

O ex-presidente está preso desde o dia 7 de abril na superintendência da PF (Polícia Federal) em Curitiba. O petista foi condenado a 12 anos e 1 mês de prisão no caso tríplex do Guarujá.

Nesta 4ª, por maioria, a 2ª Turma negou recurso do ex-presidente. A defesa do petista tentava tirá-lo da prisão.

Da prisão, Lula disse estar acompanhando as especulações da mídia sobre 1 possível plano B do PT ou apoio a algum outro candidato e sabe o quanto Gleisi é “atacada” e, por isso, escreveu a carta.

CANDIDATURA SERÁ REGISTRADA

Em discurso no Plenário da Congresso Nacional, a senadora Gleisi Hoffmann, voltou a reafirmar a candidatura no ex-presidente Lula nesta 4ª feira (9.mai.2018).

Gleisi afirmou que irá registrar o Lula como candidato do PT para disputar o Planalto. Segundo a petista, apesar da prisão, “os direitos políticos” de Lula não foram suspensos.

“A Constituição diz que uma pessoa só perde os direitos políticos depois que a sentença que o condenou transitar em julgado, ou seja, ela for reafirmada na última Instância, que é no Supremo Tribunal Federal”, disse.

Gleisi diz ainda que a Lei da Ficha Limpa diz que o candidato pode concorrer às eleições se tiver “recursos disponíveis nas Instâncias superiores”.

Assista ao vídeo do discurso:

 

Eis a íntegra da carta:

“Querida Gleisi,

Estou acompanhando na imprensa o debate da minha candidatura, ou Plano B ou apoiar outro candidato.
Sei quanto você está sendo atacada. Por isso resolvi dar uma declaração sobre o assunto. 
Quem quer que eu não seja candidato eu sei, inclusive, as razões políticas, pois são concorrentes. Outros acham que fui condenado em 2a. instância, então sou culpado e estou no limbo da Lei da Ficha Suja.
Os meus acusadores sabem que sou inocente. Procuradores, juiz,TRF-4, eu sou inocente. Os meus advogados sabem que eu sou inocente. A maioria do povo sabe que eu sou inocente.
Se eu aceitar a ideia de não ser candidato, estarei assumindo que cometi um crime. Não cometi nenhum crime. 
Por isso sou candidato até que a verdade apareça e que a mídia, juízes e procuradores mostrem o crime que cometi ou parem de mentir.
O povo merece respeito. O povo tem que ter seus direitos e uma vida digna.
Por isso queremos uma sociedade sem privilégios para ninguém, mas com direitos para todos.

Lula”

 

Fonte: Poder360