Josué Alencar diz que ainda vai ‘tomar decisão’ sobre ser vice de Alckmin

O empresário mineiro Josué Alencar, filiado ao PR, emitiu uma nota oficial a respeito das especulações sobre seu nome para ser o candidato a vice-presidente numa chapa encabeçada por Geraldo Alckmin (PSDB). Não fica claro se vai ou não aceitar participar do projeto –que se tornou público ontem. por parte do autodenominado Centrão, grupo de partidos sem ideologia preponderante, com atuação forte no Congresso e na base de trocas fisiológicas na política.

ÍNTEGRA DA NOTA

Eis a nota oficial de Josué Alencar (o nome eleitoral do empresário) emitida nesta 6ª feira (20.jul.2018):

“Em viagem de trabalho ao Exterior, tomei conhecimento da decisão do Partido da República, ao qual sou filiado, de, juntamente com o DEM, PP, PRB e Solidariedade, apoiar a candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB) à Presidência da República, sugerindo o meu nome como possível vice da chapa. Relembro o meu saudoso pai, que dizia que o importante na chapa é quem a encabeça. E acrescentava: ‘Vice não manda nada e deve evitar atrapalhar’.

“De minha parte, creio firmemente que uma coligação deva estar baseada em programas e ideias que projetem os rumos a serem seguidos pelo Brasil. Recebi com responsabilidade essa possível indicação. Agradeço a confiança que as lideranças depositam em meu nome. No meu retorno, procurarei inteirar-me dos encaminhamentos feitos pelos partidos, para que possa tomar uma decisão”.

Josué Christiano Gomes da Silva