Pedro Parente é nomeado diretor-executivo da BRF

Quase 2 meses após assumir a presidência do conselho de administração da BRF, Pedro Parente foi nomeado nesta 5ª feira (14.jun.2018) diretor-executivo da gigante de processamento de carnes.

Ele assume a vaga deixada por José Aurélio Drummond Jr., que renunciou ao cargo dias antes da escolha de novos conselheiros. 

O executivo assume a companhia semanas após seu pedido de demissão da presidência da Petrobras. Parente deixou a petroleira após a crise nacional instalada pela greve dos caminhoneiros. Um dos focos de protesto dos motoristas era a política de preços da estatal implantada por ele.

A expectativa pela confirmação do novo CEO animou os investidores da companhia na bolsa de valores. As ações ordinárias (que dão direito à voto no conselho) subiram 3,32% nesta 5ª, uma das maiores altas da carteira do Ibovespa.

IMPASSE NO CONSELHO

Parente foi eleito presidente do conselho da administração após uma longa batalha travada por Abilio Diniz com os fundos Previ e Petros sobre o comando da BRF. Na época, o nome do executivo foi apontado como consenso para encerrar a disputa.

A missão de Parente era apaziguar os ânimos e ajudar a empresa a enfrentar desafios como o processo de embargo da União Europeia a produtos de aves exportados do Brasil.