Por Higor Trindade

 

A cidade de Nossa Senhora do Socorro, foi sempre vista por todos como uma região sem tanta importância, que abrigou pessoas que saiam de Aracaju e de outros munícipios, e foram loteando ocupações em diversas áreas. A cidade antigamente era uma grande favela a céu aberto, conhecida até por muitos como uma cidade-dormitório, que abrigava trabalhadores, que na sua grande maioria, assumiam funções de domésticas, pedreiros e barbeiros, enfim, trabalhadores do serviço alternativo. De 8 anos para cá, durante a gestão do então prefeito Fábio Henrique, a cidade de Socorro, começou a respirar aliviada, de fato aconteceu o desfavelamento, a dignidade chegou aos socorrenses, mas é bom deixar claro, que tudo se deve há uma grande engrenagem de pessoas, que fizeram parte do projeto que levou FH ao governo de Socorro.

Nessas eleições tem algumas curiosidades, enquanto o grupo de Belivaldo vai com o apoio de grandes lideranças, como o prefeito Padre Inaldo, o vice-prefeito Betinho ligado ao ex-governador Jackson Barreto, o próprio JB operando forte, o ex-prefeito Zé Franco, que hoje assumiu duas importantes secretarias de estado em troca de apoio ao atual governo, os ex-deputados Márcio Macedo e Rogério Carvalho (ambos do PT), ou seja, uma constelação de pessoas em favor da busca pelo voto. Esses mesmos, não tem noção de como é conhecer a cidade de Nossa Senhora do Socorro, só aparecem quando tem eleição.

Do lado de Valadares Filho (PSB), tem a deputada Silvia Fontes, esposa do ex-prefeito Fábio Henrique (ambos do PDT), tida como persona não grata pelos socorrenses. Mesmo tendo o marido saindo bem da prefeitura com uma aprovação inacreditável de aceitação, pode não ser tão fácil captar votos para o seu candidato ao governo. Nesta salada mista, aparece de forma bem clara e destacada o jovem Klewerton Siqueira, que foi secretário durante a gestão do então prefeito Fábio Henrique, e que aos poucos vem distanciando-se de lideranças políticas que não trazem um pensamento de renovação, durante a eleição de 2016, como vice na chapa com Zé Franco, conseguiu o impossível para um ex-secretário, que poderia ter sido candidato a vereador, mas preferiu galgar um espaço mais sólido.

A história de Klewerton Siqueira na vida pública, começa quando o mesmo é convidado para trabalhar no governo Marcelo Déda, com a então secretária de estado do Desenvolvimento Social, a professora Ana Lúcia, do PT. Logo depois, foi convidado para compor a comissão de Licitações da prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, depois assume a secretaria de Transportes. Hoje, esse jovem líder, tem sob sua responsabilidade um grupo de lideranças menores, que são até esquecidas, e que para outros candidatos não tem importância, mas, vem conquistado o devido valor com a liderança de Klewerton, que responde diretamente pela coordenação das campanhas de André e Eduardo, em Nossa Senhora do Socorro.

Lembro-me de uma passagem de um livro que li ainda na adolescência que dizia “Nada é impossível para aquele que sonha, realize feitos que as pessoas não acreditarão. Faça valer o seu trabalho, independente do qual seja”.

Por isso, nunca subestime ninguém, não saberemos quando e quem será o destaque em um processo eleitoral, a política é incerta, mas costuma ser produtiva para aqueles que praticam a boa política, aquela que permite você ser um soldado, um representante a altura do povo. Deixo registrada uma previsão, não a de Nostradamus, mas aquela que pode sim deixar muitos boquiabertos: Klewerton Siqueira fará parte do futuro político de Sergipe. Grave esse nome: Klewerton Siqueira.

Comentários

Carregar mais Artigos relacionados
Carregar mais por Higor Trindade
Carregar mais em Blog do Trindade
Os comentários estão fechados.