Glovo encerra operações no Brasil

Reprodução / Glovo

Concorrente do iFood, Rappi e Uber Eats, a empresa de delivery de comida Glovo está fechando suas operações no Brasil, afirma o Tecnoblog. Espanhola, a empresa encerra os serviços já neste domingo (03).

Em um email enviado para entregadores, a Glovo afirma que o “mercado brasileiro é extremamente competitivo”. Por isso, a startup atuará em outros países da América Latina, Europa, Oriente Médio e África.

A Glovo, que chegou ao Brasil em março de 2018, sairá para “concentrar recursos” em locais que “a empresa está alcançando uma participação de mercado significativo e gerando valor”.

Acompanhe a carta na íntegra:

A Glovo decidiu encerrar as operações no Brasil e sair do mercado já nos próximos dias. O objetivo é concentrar recursos em outros nichos da América Latina, Europa, Oriente Médio e África, onde a empresa está alcançando uma participação de mercado significativa e gerando valor.

Depois de 12 meses, percebemos que o Brasil é um mercado extremamente competitivo e que, para obter o sucesso que planejamos originalmente, precisaríamos de mais investimento e tempo para penetrar, liderar e alcançar rentabilidade. Esta é a razão pela qual decidimos nos concentrar nos outros mercados da América Latina, onde há demanda no crescimento dos serviços da Glovo e podemos colher melhores resultados para os nossos parceiros, entregadores e companhia.

Como um dos principais serviços de entrega sob demanda e que mais cresce no mundo, agora em 21 países e em mais de 100 cidades, nós continuamos a enxergar um forte avanço global, e expandimos para uma nova cidade a cada quatro dias, o que nos torna o aplicativo preferido para entrega de tudo na maioria das cidades onde servimos.