Em carta, presidente e diretores da Vale pediram demissão

O presidente sinalizou que o afastamento pode ser ‘provisório’

Thomaz Silva / Agência Brasil

Rio de Janeiro – A assessoria de comunicação da Vale divulgou agora a carta em que o executivo Fábio Scharvtsman pede demissão da mineradora. No texto, entregue hoje ao conselho de administração da empresa, Scharvtsman declara que deixa a presidência em benefício da continuidade dos negócios da empresa. Mas sinaliza que o afastamento pode ser “temporário”. 

Acompanhando a decisão do presidente de pedir demissão, três diretores da mineradora Vale entregaram suas cartas de demissão ao conselho de administração.

São eles:

  • Peter Poppinga, diretor-executivo de Ferrosos e Carvão;
  • Lucio Cavalli, diretor de Planejamento e Desenvolvimento de Ferrosos e Carvão;
  • Silmar Silva, diretor de operações do Corredor Sudeste.

Eles tomaram a decisão após o Ministério Público Federal e a Polícia Federal terem recomendado o afastamento do presidente e do trio de diretores, em função da tragédia.