Saiba quais são as 17 estatais federais que Bolsonaro vai privatizar

Presidente Jair Bolsonaro, procuradora-geral Raquel Dodog, ministros e a primeira-dama Michelle Bolsonaro na solenidade do programa Pátria Voluntaria. A primeira-dama Michelle Bolsonaro vai presidir o conselho do Programa Nacional de Incentivo ao Voluntariado “Pátria Voluntária”, composto por 12 ministros e 11 membros da sociedade civil, entre eles, a cantora Elba Ramalho e a mulher do ministro Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública), Rosângela Moro, além da irmã do ministro Paulo Guedes (Economia), Elizabeth Guedes.Presidente. Brasilia, 09-07-2018. Foto: Sérgio Lima/PODER 360

O governo do presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta 4ª feira (21.ago.2019) uma lista de 17 empresas estatais que serão privatizadas. Eis a lista das 17 empresas:

  1. Emgea (Empresa Gestora de Ativos);
  2. ABGF (Agência Brasileira Gestora de Fundos Garantidores e Garantias);
  3. Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados);
  4. Dataprev (Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social);
  5. Casa da Moeda;
  6. Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo);
  7. Ceasaminas (Centrais de Abastecimento de Minas Gerais);
  8. CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos);
  9. Trensurb (Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A.);
  10. Codesa (Companhia Docas do Espírito Santo);
  11. EBC (Empresa Brasil de Comunicação);
  12. Ceitec (Centro de Excelência em Tecnologia Eletrônica Avançada);
  13. Telebras
  14. Correios
  15. Eletrobras
  16. Lotex (Loteria Instantânea Exclusiva);
  17. Codesp (Companhia Docas do Estado de São Paulo).

Com informações do Poder 360